30/09/2009

Faces do Orgulho


O Orgulho é o sentimento de superioridade pessoal resultante do processo natural de crescimento do espírito; um "subproduto" do instinto de conservação, um princípio que foi colocado no homem para o bem, porque sem o "sentimento de valor pessoal" e a " necessidade de estima" não encontraríamos motivação para existir e não formaríamos um autoconceito de dignidade pessoal. O problema não é o sentimento de orgulho, mas o descontrole de seus efeitos. (...) a superioridade pessoal provocada pelo sentimento de orgulho interfere na formulação de juízos. Suas manifestações são variáveis, vejamos suas muitas faces:
Melindre: é o orgulho na mágoa.
Pretenção: é o orgulho nas aspirações.
Presunção: é o orgulho no saber.
Preconceito: é o orgulho nas concepções.
Indiferença: é o orgulho na sensibilidade.
Desprezo: é o orgulho no entendimento.
Personalismo: é o orgulho centrado no eu.
Vaidade: é o orgulho do que se imagina ser.
Inveja: é o orgulho perante as vitórias alheias.
A falsa modéstia: é o orgulho da "humildade artificial".
Prepotência: é o orgulho de poder.
Dissimulação: é o orgulho nas aparências.
Precisaremos de muita coragem para sermos humildes e, além de identificarmos, retiramos todas estas faces que colocamos em nós ao longo da nossa caminhada...
Texto baseado no livro: Mereça Ser Feliz de Ermance Dufaux

14/07/2009

Maneira de ver os outros


Diz Goethe:”Trate as pessoas como elas são e elas permanecem as mesmas de sempre. Trate-as como se fossem o que podem ser e as ajudará a se tornarem o que são capazes de se tornar.”

Muitas vezes nada fazemos para melhorar as pessoas que convivem conosco e passamos a nos queixar amargamente delas. Não obstante, se as ensinarmos a se tornarem melhores, já estamos contribuindo, de forma poderosa, para que se tornem mais perfeitas. Todos nós gostamos que nos valorizem. Pensando bem, os defeitos que estão em nós e nos outros nada mais são do que a sombra ou a mancha que devemos clarear e limpar com ingrediente da indulgência e não da ignorância. Afinal, não somos de ferro. Se iluminarmos as qualidades que possuímos ou as dos outros pela essência que somos, a sombra desaparecerá.

Trecho do livro " Alegria: mágica de viver "  de Sarah Kilimanjaro - Eu recomedo a leitura.

03/06/2009

Pensando sobre o Preconceito


por Simone  Ferreira

Não é novidade que todos carregamos preconceitos dentro de nós. Se pensarmos no que a palavra significa veremos que, segundo o Dicionário Aurélio, a palavra preconceito é: "conceito ou opinião formados antecipadamente, sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos; idéia preconcebida".
Isto nada mais é do que julgarmos algo ou alguém de modo precipitado, sem uma análise e uma reflexão mais profunda. Por isto, todos nos portamos de maneira preconceituosa em diversos momentos do nosso dia-a-dia. A origem e “disseminação” do preconceito se dá por vias psicológicas, histórica, cultural e pelas mútuas relações que estabelecemos. Nossa visão equivocada nos faz rotularmos as pessoas e passamos a vê-las a partir de rótulos, desconsiderando outros papéis que desempenham e suas singularidades. Para abolirmos o preconceito que há em nós acredito que será necessário, entre outras coisas, a constatação e a aceitação da diversidade humana, portanto, é normal ser diferente pois somos seres únicos, incomparáveis e isto é belo. Também será necessário uma postura de aprendiz, uma vez que o preconceito é fruto da ignorância, do desconhecimento, precisaremos então querer aprender sobre a diversidade do ser humano.
Gosto da fala do psicólogo Ari Fernando Maia quando diz que o preconceito enrijece o sujeito e o torna frio. Enrijece porque a pessoa é incapaz de produzir um pensamento flexível, e eu acrescento: reflexivo. Então, convido todos (as) ao exercício do pensamento reflexivo analisando a maneira como encaramos o jeito de ser e estar das pessoas. Segue abaixo um link onde teremos a oportunidade de pensar um pouco mais sobre esta questão.
Um fraterno abraço.

http://www.youtube.com/watch?v=HnM1Hh-166I

23/05/2009

Limão é Lucidez


É fato reconhecido pelas várias medicinas - popular , xamânica, ortodoxa e alternativas - que, independente da forma terapêutica usada - sucoterapia, terapia intensivo, aromaterapia, fitoterapia, etc...-, o consumo diário do limão irá provocar melhor desempenho da capacidade de concentração mental, da memória e da visão.
O limão é a fruta que apresentar maior concentração de energia solar (energia cósmica, prana) da natureza. Portanto, toda vez que ingerimos o suco fresco de limão estamos colocando um pouco de sol para dentro de nós, explicando porque esta fruta é tão requisitada quando a indicação é mais lucidez, clareza, alegria, bom-humor e visão.
É indicado para pessoas com problema psicológiocs, de memória e de concentração.
Explica também porque o limão, com todas as suas prates, é considerado um alimento que ajuda na conquista diária do bom-humor, da alegria e do equilíbrio emocional.
Outra explicação é que o limão tem propriedades de ser um desintoxicante e laxante suave , sendo portanto um cúmplice do fígado, um órgão dos mais responsábeis pela desintoxicação do organismo.
Um fígado sobregarregado ou muito intoxicado leva o indivíduo a atitude mais, agressivas e desequilibradas... Assim, o consumo diário do limão viabiliza uma desintoxiacação mais profundo de todo organismo, portanto para a conquista de mais espaços ( tempo) de solução ( clareza, lucidez, visão) possibilidade de superação, equilíbrio, alegria e bom -humor.

Fonte: Conceição Trucon - química e cientista

12/04/2009

Feliz Páscoa

Receita de Ovo de Páscoa
-Ingredientes:
Perdão, Alegria, Paciência, Fé, Perseverança, Vontade de Ser Feliz e Paz.
- Modo de fazer:
Misture em um pote bem lavado da sua alma, chocolate, mais perdão e alegria. Deixe calmamente em banho-maria até que todas as mágoas e rancores sejam depurados. Espere esfriar um pouco, salpicando perseverança e paciência e despeje nos dois lados do coração. Prepare o seu bombom predileto com recheios de paz e vontade de ser feliz. Reze nessa hora. Desinforme as duas partes moldadas no coração, coloque dentro de bombons, embrulhe com um papel transparente de amizade, verdejante e luzente de esperança.
Amarre com fitas prateadas de carinho e mande muitos, muitos, pra quem não te entende também… é tempo de redenção.

Desejo uma ótima Páscoa repleta daquilo que ela, efetivamente é: oportunidade de "ressurgirmos" melhores e mais iluminados. Pois Páscoa é ser capaz de mudar , investir na fraternidade, lutar por um mundo melhor, vivenciando a solidariedade. É renascimento, é recomeço...

08/03/2009

Parabéns Mulher

Todo o dia é dia da Mulher mas hoje o mundo nos reverencia e reconhece nosso valor.
Parabéns Mulher! Que todos os seus dias sejam especiais.


05/03/2009

Herói ou Guerreiro

por Simone Ferreira
Vivemos em uma sociedade que cultua os heróis, eles estão por toda a parte e é possível identificá-los em todas as áreas. Mas, quer saber!? Não gosto de heróis. Heróis são narcisistas e vivem solitários. O herói resolve! Ele salva!Ele conquista! Com um detalhe: sozinho.
Temos que parar com esta fantasia simplista de que em um determinado momento ou situação seremos “salvos” por algo externo a nós. Independente do que estamos passando tanto no individual como no coletivo, não será a chegada de um Super-herói que irá resolver nossa vida. Prefiro o Guerreiro que é humano, vive cercado de pessoas. Busca parcerias, alianças para resolver os problemas. O Guerreiro nos chama ao campo de batalha para que possamos conquistar aquilo que queremos, ele não trás de mão beijada para a “humanidade” a solução, mas nos convida a fazermos a nossa parte. Enfim, estimula a nossa participação e autonomia. Herói ou Guerreiro, qual você prefere?
Assista o vídeo editado do Gladeador e busque a motivação que falta para conquistar os teus sonhos.

13/01/2009

O Rio que não gostava de mudar


Uma reflexão sobre transformação e mudança. Adaptado do livro "Quem apagou a luz?"

Havia um rio que gostava da calmaria e destestava mudanças e o que ele mais deseja na vida era a tranqulidade. Certo dia porém começou a cair uma chuvinha irritante que terminou fazendo com que rio transbordasse e lá foi o rio descendo novamente, seguindo caminho. O rio inquieto com isto, muda-se para um lugar onde não chove e onde ele possa continuar sua reclusão em paz, onde ele possa sofrer sozinho sem ninguém para lhe dar lições de moral. Mas aí, acaba descobrindo que aos poucos está se transformando em vapor, subindo para o céu e virando nuvem. Ele até pensa em aproveitar e seguir como uma nuvem até o pólo sul, onde desceria como neve e ficaria como aquelas montanhas de gelo, solitárias e autosuficientes. Mas só de pensar no quanto teria de se transformar, desiste. Além do mais quem garante que até elas não evaporem mesmo com o sol fraco dos pólos? Achando aquilo tudo muito trabalhoso, o rio enfim decide esconder-se numa caverna profunda, a mais profunda que houvesse, no centro do planeta, onde enfim pudesse ser um pequeno lago, eternamente tranqüilo e sem ninguém a lhe dar conselhos sobre evolução e transformação. Foi um esforço tremendo. Teve que primeiro transformar-se em chuva e umedecer bem as rochas, depois penetrá-las e descer por dentro delas, tendo sempre que buscar reforço quando o calor ameaçava estragar tudo. Pensou várias vezes em desistir mas aquilo era sua única saída. Sabia que talvez levasse toda a vida provando sua tese mas valeria a pena. Por fim terminou conseguindo. Virou um lago no fundo da caverna mais profunda. Mostrou ao mundo que podia ficar deprimido e desistir de tudo, tinha esse direito de não querer seguir em frente, de não querer se transformar. Então, completamente exausto, sorriu satisfeito e morreu. E a morte veio saudar-lhe com todas as honras. Afinal, um rio que dedicou sua vida inteira a se transformar no lago mais distante da mais profunda caverna, e conseguiu, é mesmo um rio bem especial. Um rio que captou como nenhum outro que a evolução é o sentido da vida.”
Moral da história: tudo se transforma, cada um a seu modo, ainda que insista em não se transformar. Porque somos a própria evolução.